10/08/2020

TELMA COBRA CONSTRUÇÃO DE 700 MORADIAS NA ZONA NOROESTE 

A vereadora Telma de Souza questionou a Prefeitura de Santos sobre o projeto Prainha II, que promoveria a construção de 700 moradias na subida do Morro do Ilhéu. O empreendimento, inserido no Programa de Aceleração do Crescimento (PAC) do Governo Federal  foi anunciado há oito anos e nunca saiu do papel. 

Como o assunto nunca mais foi abordado,  a vereadora cobra explicações da Administração Municipal. A parlamentar acredita que a construção de 700 novas moradias seria estratégica para a redução do déficit habitacional e para as obras da entrada da Cidade.

Atualmente, a área é usada como pátio de caminhões. O espaço,npor conta da ampliação da sua qualificação como Zona Especial de Interesse Social (Zeis), poderia atender 700 famílias.

Os munícipes que residem em condições de alta vulnerabilidade social, em palafitas na franja do Rio Furado,vpor exemplo, poderiam ser destinados para as novas unidades habitacionais.

"Cerca de 700 famílias poderiam ter uma nova realidade deixando de morar em palafitas na Zona Noroeste, nas áreas de risco nos morros ou em porões nos cortiços, mas o projeto parece ter sido engavetado. Falta transparência e elencar prioridades", afirma a ex-prefeita de Santos.

Leia também

TELMA PROPÕE CRIAÇÃO DE POLÍTICA DE ECONOMIA SOLIDÁRIA 

Ver mais

TELMA DENUNCIA FIM DO CARTÃO ALIMENTAÇÃO PARA ALUNOS AO MINISTÉRIO PÚBLICO

Ver mais

TELMA REIVINDICA RETORNO DO CARTÃO "BOLSA ALIMENTAÇÃO" PARA 8 MIL FAMÍLIAS

Ver mais